MoMA | Design and the Elastic Mind

Over the past twenty-five years, people have weathered dramatic changes in their experience of time, space, matter, and identity. Individuals cope daily with a multitude of changes in scale and pace—working across several time zones, traveling with relative ease between satellite maps and nanoscale images, and being inundated with information. Adaptability is an ancestral distinction of intelligence, but today’s instant variations in rhythm call for something stronger: elasticity, the product of adaptability plus acceleration.

Design and the Elastic Mind explores the reciprocal relationship between science and design in the contemporary world by bringing together design objects and concepts that marry the most advanced scientific research with attentive consideration of human limitations, habits, and aspirations. The exhibition highlights designers’ ability to grasp momentous changes in technology, science, and history—changes that demand or reflect major adjustments in human behavior—and translate them into objects that people can actually understand and use.

This Web site presents over three hundred of these works, including fifty projects that are not featured in the gallery exhibition.

Anúncios
MoMA | Design and the Elastic Mind

TED Blog

Books, film, art, food — and science and social issues — were at the center of the talks at the sixth TEDSalon in London. The event took place on May 10 in a packed Unicorn Theatre, with the support of longtime TED partner frog.

“Our bodies are made of atoms, but our lives are made of stories”, host and TEDGlobal curator Bruno Giussani said, introducing the event’s theme: “Unseen Narratives.” We are our stories, he suggested, our memories, desires, passions, dramas. Stories are what our imagination projects, what our creativity produces, what helps us to make sense of the world and relate to others. And an eclectic set of little-known stories the Salon presented.

The evening started with a sharp talk about the million children who live in orphanages in Eastern Europe and Central Asia. Georgette Mulheir, CEO of nonprofit Lumos, told how behind each of them “there…

View original post mais 1.341 palavras

Semana de Tecnologias Informática e Multimédia na Uni-CV

A 1ª edição da Semana da Tecnologia Informática e Multimédia da UNI-CV (TIM), que ocorre este ano, de 7 a 12 de Maio, visa promover o intercâmbio entre o mundo empresarial ligado às tecnologias informáticas e multimédia e o mundo académico, valorizando e promovendo o conhecimento, a  investigação e o mercado das tecnologias de informação e comunicação.
Para a edição 2012 estão previstas várias actividades como workshops, palestras, conferências, exposições e mostras de produtos e serviços ligados aos mais diversos temas que terão lugar no Campus do Palmarejo, conforme o  PROGRAMA SEMANA TIM.

Semana de Tecnologias Informática e Multimédia na Uni-CV

Ruído do Mar e Golfo Popular

Ruído do Mar e Golfo Popular
Ruído do Mar e Golfo Popular

Os filmes Ruído do Mar e Golfo Popular, de Ana Fernandes, foram exibidos no cinema da Praia, no dia 04 de Maio, na presença da cineasta e do produtor. Muito aplaudidos no final, mesmo com as espectativas altas, ambos os filmes impressionaram bastante.

Ruído do Mar é simplesmente surpreendente, tocante e muito emocionante. Recheado de arrojados detalhes e de magistrais desempenhos dos actores, com destaque para a cantora cabo-verdiana Mayra Andrade, denota-se sobretudo uma subtileza genial. Diria que todos os elementos se encaixam de forma brilhante na narrativa. Com o título inglês de “Roar of the Sea“, o filme retrata a história de um jovem africano que se encontra ilegalmente na Europa. Na prisão ele rejeita comer, falar e renuncia declarar a sua identidade. O guarda que o observa, descobre uma fotografia de uma menina escondida no amuleto do seu colar. Embora sejam de realidades diferentes, entre os dois homens há algo em comum. O guarda, então, resolve ajudar esse prisioneiro, correndo o risco de perder o seu trabalho. Mas ele não tem muito tempo, pois já não se pode parar a máquina da deportação.

Quanto ao filme Golfo Popular, trata-se de um documentário sublime sobre a ilha de S. Vicente, as suas gentes e suas memórias. Nele conta-se a história dos primeiros jogadores de golfe africanos – os “Lordes” –  e a sua luta durante a época colonial pelo direito dos africanos praticarem golfe. Graças ao triunfo dos “Lordes”, o golfe, que só era praticado pelos portugueses e pelos ingleses, tornou-se num desporto popular em Cabo Verde. O filme é também uma homenagem a Antero de Barros, Professor e primeiro presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano e à cantora Cesária Évora, falecidos em 2011.

Ruído do Mar e Golfo Popular